quinta-feira, 30 de outubro de 2014

E você?


Aonde esta seu bem estar
Aonde esta seu próprio amor
Sera que se suicidou 
Quando o abdicou para o quem nunca amou?!

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Talvez


Talvez eu não mereça,
Talvez eu pegue e cresça,
Talvez você me esqueça,
Talvez eu só precise aprender,
Talvez você só precisa crer,
Que ainda há algo mais entre você e eu.

Maremoto

Pra que se martirizar?! 
É algo que precisa ou quer lembrar?
Te ver assim aflora meus pensamentos.
Pensamentos que me remetem a sofrimento
Sofrimento que me remete a pensar que não sou boa o suficiente, que ainda é preciso pegar lembranças presa ao recipiente, lembranças que não me pertencem, lembranças que pra você tem alguma vertente, lembranças que te definham ou nos definham?
Não sei com que frequência elas passam na sua cabeça, ou o que elas lhe remete a ver você a borbulhar com essas lagrimas salgadas. E quem sabe um dia essas lagrimas ao secar, petrifiquem o passado que ainda escorre ao meu lado.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Lógica!?


- To tentando achar a lógica, só isso.

- Lógica? Sentimento tem lógica?

- To tentando achar a razão uma vez que me perdi na porcaria dessa paixão.

- Eu estava infeliz!

- E está se repetindo. Não está feliz

- Mas pelo menos estou lutando por alguém que amo, mesmo me fazendo sofrer, alguém que mesmo me fazendo chorar, maior parte do tempo me faz ri e me faz bem. Porque gosto mais de mim quando estou com ele porque eu consigo ver que mesmo ele tendo todo e qualquer erro, mesmo me machucando eu mesmo assim prefiro esta com ele!

- Então seja menos resmungona e mais insistente.


terça-feira, 29 de julho de 2014

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Doar sem voar

Eu não sei mais o que te dar,
Já te dei o céu as estrela e o mar,
Se ainda for pouco,
Esqueci de mencionar;
Já te dei até meu coração
E o que mais você quer então?

Minha parte dentro de você já foi melhor

Eu vou parar de me doar,
Eu vou parar de me matar
Pra ver se assim a balança possa voltar.

Me sinto numa estrada sem saída,
De apenas uma via,
Com uma só direção.

Se for pra ser assim,
Me dê sua mão,
E vamos seguir juntos,
A mesma direção.

Não tenho forças para puxar,
Não tenho forças para carregar,
Não, não quero lhe cobrar.

Só quero lhe dizer;
Que há mais de você em mim,
Do que de mim em você,
E se assim não for pra ser,
Me avise, pois posso vir a perecer.

Atitudes são melhor que palavras,
Mas ainda sim,
Sinto falta de algumas palavras,
Palavras com amor;
Palavras com ador;
Palavras de paixão,
Que aquece e acalma meu coração.

Minha parte dentro de você já foi melhor!

terça-feira, 20 de maio de 2014

Abismo do amor

Chega!
Chega junto e me deseja
Nem que seja em cima da mesa
Não se preocupe com a flor

Queria!
Que tudo não passe de brincadeira
Como nos dois ao parque
Caçando alguma dor

Veja!
Não ha nada mais que a vida queira
A não ser nos dois na beira
Do abismo desse amor




sábado, 3 de maio de 2014

Isso assim

Então vai ser assim,
Eu vou me jogar
E você vai se esquivar de mim?

Então vai ser assim,
Eu vou me doar
E a felicidade completa não vai chegar em mim?

Então vai ser assim,
Eu vou sangrar
E você não vai fazer nada por mim?

Então vai ser assim,
Eu vou me descontrolar
E você não vai jurar nada a mim?

Então vai ser assim,
Vou persistir
Sem saber o que quer de mim?

Então é isso,
Eu que me submeti
Não há nada que você possa fazer aqui?

Então é isso,
Vou corre todos os ricos
E você vai persistir nesse feitiço?

Pode ser assim,
Eu te amo
E você vem amar junto a mim?

Pode ser assim,
Entra nessa de corpos juntos mãos dadas,
Esquecer tudo, não ver nada?

Pode ser assim,
Diz que me ama
E vamos ser feliz?

terça-feira, 29 de abril de 2014

Você ainda está me machucando.

Não vejo a certeza e a convicção
De ter tomado essa decisão. 
Ainda está me machucando.

Com uma simples apresentação
Pensei que iria salvar meu coração,
Mas não você ainda está me machucando!

Não gosto de metade 
Nem se quer tenho idade. 
Você está me machucando!

Você quer ficar comigo,
Ou apenas esquecer aquilo? 
Você ainda esta me machucando!

Vai me dar seu coração,
Ou vai viver nessa indecisão? 
Você ainda esta me machucando!

Vai dar um ponto de partida, 
Ou vai ficar cutucando a ferida? 
Você ainda esta me machucando!

Vai se entregar de corpo, alma e coração,
Ou vai ficar nesse passado ilusão? 
Você ainda esta me machucando!

Quero viver contigo 
Só que sem perigo. 
Você ainda... (esquece!)
Continuo me mantendo viva, 
Com algumas feridas. 
Só não sei por quando tempo ainda.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Desabafo à liberdade

Primeiro e preciso querer sai de onde estar,
As coisas não mudam assim de lugar
Assim por você
E se mudar você provavelmente não ira ver.
Estará trancado se martirizando;
Orando pra que alguém apareça te amando
E quando aparece seu receio prevalece.
Parece mais fácil não querer tentar;
E permanecer a sofrer e se calar.
Confia;
Não vou titubear.
Você tem que a aprende a caminhar.
Parece gostar
Nem um masoquistas iria suportar
Se você já conseguiu uma vez;
Será que não percebe que pode haver outra vez?
E só querer se libertar,
E so vim e se entregar
Passado foi feito pra ser passado
Esquece tudo e fica aqui do meu lado
Liberdade e só questão de ser
Mas parece que você não se crer
Não crie limitação
Aonde tudo pode se resolvido com coração
Não crie barreira
Aonde tudo pode ser areia
Não crie expectativa
Se ainda não tentou sair dessa vida.
Quando estiver pronto;
Estarei pronta para enxugar seu pranto.

Um Herói que me mata

Mais que perfeito
E ver como eu fico sobre efeito
Quando rouba meu pensamento
E ao mesmo tempo
Não quer saber de mim

Desejo que venha
Me ame e me abrace
Sem que se contenha
Cheio de emoção e coragem

Não tenha medo
Será tarde se não for cedo
Quero te dar a certeza
De seus desejos e princípios

Meu único medo
E que não me ame nem a metade
Da metade
Do que um dia me amou de verdade

Não gaste tempo em nada
Não se engane de forma errada
Mas sei que ainda tem o melhor pra mim
Que seja um pirata
Ou ate mesmo um herói que mata
Matando meu desejo sem fim

Enquanto você brinca de cara valente
Mostrando está todo contente
Enquanto isso eu viro escrava
Desse herói que me mata

Me pego sonhando
Encostada em teu peito
Dormir te acariciando
Esperando que isso aconteça

Pequeno somos sozinho
Juntos movemos o mundo
Sem perder o caminho
Mergulhando fundo

Acho que todo seu medo
E de não se conter
Mas se conter é ter medo
De morrer por meus desejos.